Nova série da TV Brasil resgata a presença das mulheres na história do samba

Nova série da TV Brasil resgata a presença das mulheres na história do samba

8 de novembro de 2018 Off Por Roberto Scalon

A participação da mulher no samba. Esta é a tônica da minissérie “Damas do Samba”, da TV Brasil, que apresenta a força feminina que impulsiona e ajuda a fazer do samba o maior e mais representativo ritmo popular brasileiro. Seja como passista, madrinha, musa ou operária do carnaval, a mulher realça seu protagonismo, emprestando ao samba não somente sua imagem como também seu espírito empreendedor, sua criatividade e sua natureza inspiradora.

Dirigida por Suzanna Lira, “Damas do Samba” é uma série documental de resgate da presença das mulheres na história da música popular. Parte da época da escravidão até chegar a 2013. Lembra de tia Ciata (1854-1924), a baiana que ajudou a difundir o samba de roda no Rio. Em sua casa, ponto de encontro de músicos, foi criado o clássico “Pelo Telefone”.

Depois, salta para dona Zica, mulher de Cartola, e dona Neuma, personalidades fortes na Escola de Samba Mangueira. Clara Nunes, Alcione, Leci Brandão e Jovelina Pérola Negra ganham a tela cantando ou contando histórias. Beth Carvalho homenageia Clementina de Jesus: imita com emoção e carinho os gestos de seu jeito de cantar. Fala ainda do aspecto revolucionário do samba.

Dona Ivone Lara, com seus mais de 90 anos, aparece cantando a capela “Sonho Meu”, em sua voz pura, sem o acompanhamento dos instrumentos. É um presente para o público. “É certo de que sem mulher não há samba”, resume a cantora Mariene de Castro, uma das personagens de Damas do Samba.

A minissérie é centrada nas grandes escolas de samba cariocas. Aborda o trabalho de carnavalescas, passistas, porta-bandeiras. Destaca suas qualidades como empreendedoras, gerentes determinadas, artistas criativas. São mulheres que conquistaram independência com seu trabalho.

A nova geração é representada pela figura da passista-mirim Luany dos Santos, sentindo-se a menina mais poderosa do planeta, ao vestir suas longas botas para encarnar a rainha de bateria da escola da samba mirim da Portela. Entre as damas que compõem os quatro episódios da série estão: Alcione, Leci Brandão, Jovelina Pérola Negra, Clara Nunes, Mariene de Castro, Rosa Magalhães, Tia Surica, Nilce Fran, Márcia Lage, Lucinha Nobre, Wilma Nascimento e Dona Zica.

O primeiro episódio de “Damas do Samba” estreia no dia 11 de novembro, às 18h30, na TV Brasil. A série tem quatro episódios de 26 minutos, que irão ao ar aos domingos.

Comentários